• Instagram

Imperatriz é a segunda cidade da Região Tocantina a receber formação do Plano Juventude Viva

Em 23/08/2019

Comitê Municipal do Plano Juventude Viva realizada na Região Tocantina (Foto: Divulgação)

A Região Tocantina recebe mais um instrumento de controle e ação em prol do enfrentamento a mortalidade da juventude negra no Maranhão. Na quinta-feira (22), em Imperatriz, a Secretaria de Estado Extraordinária da Juventude (Seejuv) realizou a formação e constituição do Comitê Municipal do Plano Juventude Viva, com foco na atuação em territórios mais vulneráveis à juventude negra. A atividade aconteceu em parceria com a Agência Metropolitana do Sudoeste Maranhense (Agemsul) e a Secretaria de Estado Extraordinária da Região Tocantina.

A ação, que foi realizada no auditório da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UemaSul), teve o objetivo de apresentar os dados do diagnóstico sobre as vulnerabilidades juvenis realizado nos nove municípios maranhenses que apresentam os maiores índices de vulnerabilidades para a juventude negra, dentre elas Imperatriz. Os municípios são Açailândia, Bacabal, Caxias, Codó, Imperatriz, Paço do Lumiar, São José de Ribamar, São Luís e Timon.

A pesquisa norteou a discussão sobre racismo institucional, políticas públicas afirmativas e a construção das propostas do comitê que irá compor o Plano Estadual de Enfrentamento a Mortalidade da Juventude Negra. “A Atividade de elaboração das propostas foi extremamente importante para Imperatriz, pois a participação das entidades com seus respectivos representantes tornou possível está conquista tão relevante para a nossa cidade”, declarou o secretário de Estado da Região Tocantina, Pastor Porto.

A coordenadora do Projeto Juventude Viva da Seejuv, Socorro Costa, ressalta a importância do Juventude Viva está presente na Região Tocantina. “Reforça o papel do Estado no que se refere a execução da política pública de juventude, em especial nos territórios que apresentam elevado índice de vulnerabilidades para as juventudes. Além da presença deste projeto demostrar a preocupação do Governo do Estado com sua prioridade que é a juventude”, afirmou.

Participantes elegem propostas para o Plano Estadual

Juventude Viva (Foto: Divulgação)

Compõem o comitê, representantes de secretarias de Estado, dos municípios e organizações da sociedade civil. A meta é monitorar a execução do plano e promover ações de incidência e educativa no combate ao racismo institucional.

“Foi um bem proveitoso participar, efetivamente, dessa construção do Plano Estadual Juventude Viva. Temos que estar inseridos buscando políticas públicas que tiram estes jovens negros e negras dessas estatísticas alarmantes. E entender que a educação é o caminho certo”, disse Gisêuda Costa, representante da Unidade Regional de Educação em Imperatriz.

Projeto Juventude Viva

O Juventude Viva é um projeto do Governo do Estado, realizado em parceria com o Governo Federal, por meio de emenda parlamentar do deputado Rubens Pereira Júnior, atual secretário de Estado de Cidades e Desenvolvimento Urbano. O projeto visa a redução das vulnerabilidades da juventude negra no Maranhão com ênfase nos municípios priorizados.

Click to open larger map

Desenvolvimento © SEATI | www.seati.ma.gov.br